Quem são os suíços que protegem o Papa?

Era um domingo à noite, no final de um dia de trabalho, decidi aproveitar e assistir o filme Dois Papas, um filme do brasileiro Fernando Meirelles. Quanta sutileza e delicadeza, os diálogos, os movimentos das câmeras, a história de duas figuras tão importantes para milhares de cristãos. Em um certo momento das filmagens, aparece a figura de um jovem guardista, com suas roupas listradas em laranja e azul, em estilo renascentista: a Guarda Suíça. Acompanham o Papa em suas aparições. Presentes, mas ao mesmo tempo discretos. Mas, quem são na verdade esses jovens, homens e…sim, suíços?

Qual a verdadeira origem da Guarda Suíça?

Para buscar a origem da guarda suíça temos que voltar bons 500 anos na história – ou até mais… (precisamos fechar esta frase com novo travessão, pois o que aconteceu foi uma parada breve, explicativa) precisamos catar não só a história da igreja católica e sim a história dos mercenários suíços. Em uma época de muita fome e pobreza, muitos homens viam na luta por dinheiro sua única forma de conseguir um retorno financeiro. Mesmo com poucas armas, desenvolveram uma estratégia especial de ataque que lhes rendeu fama e cada vez mais contratos para defender territórios alheios.

A primeira guarda teve início oficialmente em 1506 – sua data oficial de início é 22 de Janeiro de 1506 a pedido do Papa Julius II. Como forte tradição muitos chefes da guarda vem do Cantão (estado de Lucerna), este oficialmente católico e aí que entram as condições para se tornar um guarda do Papa…

Para fazer parte da Guarda suíça o jovem (sim, só homens) suíço (sim, precisa ser suíço), precisa ser católico praticamente, envolvido diretamente na religião, de boa índole e boa saúde, solteiro (é permitido casar, mas após completar 25 anos, já ter prestado pelo menos 5 anos de serviço e comprometer-se a cumprir pelo menos mais 3 anos de serviço). Além disso, ter prestado serviço militar “Rekrutenschule” – o período básico e comprometer-se a servir pelo menos 26 meses a Guarda do Papa. Ah, quase que ia esquecendo: você precisa medir pelo menos 1,75m de altura!

O que faz um guarda suíço?

Ok, você consegue cumprir todas estas exigências acima e agora faz parte da Guarda…mas, quais são as funções dela?
Entre elas, a mais importante: proteger o Papa e sua residência, além de acompanhá-lo em viagens oficiais, guardar a entrada do vaticano, assim como manter a ordem.

Uma curiosidade?

Eles tem uma conta no Instagram, clica aqui e dá uma olhadinha, agora em fotos, pra ver mais sobre eles @guardasvizzerapontificia

E você, o que achou do artigo, já sabia sobre esta curiosidade? Conta aqui pra gente!

Um abraço e até o próximo artigo sobre a Suíça.

 

Fonte pesquisa: Schweizergarde
Crédito foto: pixabay